sábado, 13 de junho de 2009

Atenção mulheres!






Aproveito o ensejo do dia dos namorados para analisar para vocês a psique do homem moderno. Segundo os especialistas sobre essa temática, o homem não sabe ser mais homem em pleno século XXI. Isso mesmo, nós homens estaríamos vagando sem destino entre esse vasto espaço mutante que surgiu após o século XIX.
Basicamente nós herdamos do passado dois tipos de papel na sociedade. Um é o de provedor do lar, representado pela clássica figura do bom pai de família. O outro é daquele ser aventureiro, a lá Indiana Jones, quase um mafioso ou criminoso.
Contudo, hoje esses papéis não estão mais disponíveis, principalmente pela menopausa da opressão contra mulher, ou seja, hoje a vocês já ocupam a figura de provedora do lar, bem como de aventureira, deixando o homem sem identidade.
No mercado de trabalho já disputam quase em pé de igualdade conosco, isso sem falar na orientação (não criação) dos filhos que já está quase toda em sua responsabilidade. Hoje é comum entre os relacionamentos modernos o homem dividir as tarefas do lar com as companheiras, fato este que era quase proibido no passado.
Então, a grande maioria dos homens vive entre o mercado, o bar, o trabalho e a casa, sendo que sabidamente nós nos relacionamos muito mal com essa vida cotidiana, pois vivemos como se não fosse o que deveríamos estar fazendo.
Neste sentido, o psicanalista Contardo Calligaris, Pelé nessa área do conhecimento, afirma que os homens contemporâneos precisam que as mulheres lhes deem principalmente compreensão, carinho, além de deixar seu marido comprar aquela TV enorme, realize suas fantasias sexuais, incentive-o a largar o emprego e vagar de moto por ai e trate-o sempre como super-herói. O recado ta dado. Atenção mulheres